A alimentação ideal para o verão

Bom dia Leitores! 

Hoje vamos falar um pouco da melhor alimentação para manter a saúde no verão.

Precisamos entender que as energias celestiais pertencentes à cada estação do ano, influenciam o funcionamento do nosso organismo, e é necessário que nos adaptemos a cada uma delas para manter a saúde e nos sentir melhor.

Antes de entrar no verão, vamos revisar as energias celestiais de cada estação:

Estação do Ano     /       Energia Celestial

Verão                                     Calor

Inverno                                  Frio

Primavera                             Vento

Outono                                  Secura

5a. Estação                           Umidade

 

** Lembrando que a 5a. estação é o período dos primeiros 15 dias entre uma estação e outra, pois acredita-se que exista uma transição, e não uma mudança abrupta de clima.

Voltando ao verão, temos que sua energia celestial é o Calor. E o calor, é a energia celestial que influencia principalmente o Coração e o Intestino Delgado, órgão pertencentes ao elemento Fogo. Quando o calor é excessivo, e invade o interior do corpo, desenvolvemos agitação mental, ansiedade, insônia, retenção de líquido, diarréia, que são sintomas dos órgãos correspondentes.

Devido aos sintomas gerados por excesso de calor, sentimos muita indisposição, cansaço e muitas vezes, comer coisas que aumentam o calor interno podem fazer com que pioremos ainda mais.

Os alimentos possuem essências, e devemos evitar os alimentos de essência quente, principalmente aqueles que influenciam o elemento Fogo, entre eles estão: cereja, gengibre, canela, alecrim, vinho tinto, pimenta vermelha e alho.

Devemos priorizar alimentos de essência fria e fresca em todos os dias que nos sentirmos indispostos no verão, como: melão, melancia, espinafre, hortelã, chás preto e verde, pera, alface, etc.

É importante saber que a temperatura de consumo não tem a ver com a essência do alimento. Por exemplo, mesmo que você consuma uma taça de vinho tinto gelada, ele ainda continuará gerando calor interno e mal  estar.

Além do calor, na maior parte dos estados brasileiros, o verão vem acompanhado de chuvas que deixam o tempo úmido. Da mesma forma que o calor externo pode penetrar a região interna do corpo, a umidade também o fará se a imunidade estiver prejudicada.

Nessa situação, o paciente poderá apresentar cansaço extremo, grande retenção de líquido, lapsos de memória, dificuldade de digestão, fezes amolecidas e ganho de peso. Isso ocorre pois o Baço-Pâncreas e o Estômago estarão afetados.

Assim, além dos alimentos de essência quente, devemos evitar os alimentos úmidos, como frituras, leite e derivados de leite. Açúcar branco também deve ser evitado.

Já imaginaram como aquela “alimentação de praia” nos faz mal? Camaões e pastéis fritos, apimentados… Problema na certa pessoal.

Vamos ficar atentos aos abusos do verão e comer direitinho para que não seja necessário arrumar o estrado pelo resto das estações do ano.

Um grande abraço à todos!

Profa. Fernanda Mara

Meu livro de Alimentação Terapeutica Chinesa disponível na Accushop

Adquira o seu 😉



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>