Ressaca – O que acontece segundo a Medicina Tradicional Chinesa?

Bom dia Leitores,

Carnaval chegando ao fim, e o post de hoje é para explicar o que acontece no corpo quando estamos de ressaca, segundo a Medicina Tradicional Chinesa.

Todos aqui sabem que o álcool faz mal para o Fígado. Mas a pergunta é: Por que tantos sintomas? O que acontece sob a visão oriental?

O álcool possui essência QUENTE, e seu consumo em excesso irá gerar, primeiramente, Calor no Fïgado:

O fígado é o único órgão capaz de gerar calor interno, e como também possui capacidade de dissipar energia em todas as posições, acaba afetando outros órgãos.

Por lei de mãe e filho, afeta primeiro o Coração. O Calor no Coração, em princípio, gera euforia (é por isso que quem bebe sempre ama todo mundo, se declara facilmente, acha tudo e todos muito bonitos). Porém, quando o Coração chega ao seu limite, ele transfere esse calor ao Intestino Delgado. Neste ponto, a capacidade de discernimento entre o que é certo e é errado se tornam fracas, e o indivíduo ficará inclinado à tomar decisões erradas e cometer bobagens.

Para diminuir o calor no Fígado e no Coração sugiro os seguintes pontos: F2 e C7.

Por lei de avô e neto, o Calor do Fígado irá gerar uma Deficiência da Energia do Baço. Assim, o indivíduo se sentirá sonolento, cansado (por isso pessoas alcoolizadas conseguem dormir encostadas em qualquer lugar) e neste ponto, pode ocorrer diarréia. Com o baço fraco, o Estômago não consegue transportar os alimentos, e o que o corpo não conseguiu digerir, fatalmente culminará em vômito. A saliva neste ponto torna-se grossa e adocicada.

Para voltar a função do Baço e do Estômago ao normal, sugiro os pontos: BP3, E41, B20, B21, VC12.

O calor excessivo no próprio Fígado irá deixar a pessoa alcoolizada irritada com o instinto animal mais aguçado, podendo tornar-se violenta.

Também é dada ao Fígado, a responsabilidade por retirar do corpo qualquer tipo de química que seja negativa para o organismo. Desde medicamentos, drogas, alimentos gordurosos e tóxicos, e nesta lista, incluo o álcool. Quando bebemos demais, sobrecarregamos o fígado, que terá dificuldade em funcionar, afetando sua principal função energética:

Manter o Fluxo Harmônico de Qi e Sangue:

Com o Fígado sobrecarregado, a função de manter o fluxo das energias vitais de forma harmônica, falha. O resultado é uma Estagnação de Qi e Sangue.

Os principais sintomas neste momento são: sensação de estufamento, má digestão e dor em distensão no estômago, dor de cabeça latejante, principalmente na região frontal e nos olhos, tontura.

Para que estes sintomas sejam aliviados de forma rápida, é necessário colocar as substâncias vitais novamente em movimento. Sugiro os seguintes pontos: IG4 contra-lateral com F3, F2, E44 e VC12.

Para limpar totalmente o Meridiano do Fïgado, sugiro usar F1 em combinação com F14. Combinações de primeiro ponto do meridiano com o último sempre são muito fortes para desobstruir todo o trajeto energético e harmonizar as funções de seus órgãos relacionados.

Tomar água com limão em jejum pela manhã ou chá de boldo também irão ajudar na limpeza do Fígado.

Consumir bastante água ajuda na desintoxicação do Fígado através da tonificação do Rim (Lei de mãe e filho). É importante lembrar que por todo o tempo em que o Fígado está estagnado pelo alto consumo do álcool, é o Rim que passa energia para o mesmo na tentativa de normalizá-lo. Nesta tentativa, o paciente pode sentir-se exausto.

Para melhorar a exaustão da ressaca, sugiro os pontos R3, B23 e B52.

Bom pessoal, espero ter ajudado a compreender o que acontece no organismo na presença do excesso de álcool!

Bebam com moderação!

Aproveitem o restinho do feriado!

Grande abraço à todos!

Profa. Fernanda Mara



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>