>BLOG DISCUSSÃO: SEMENTES DE MOSTARDA – UM PERIGO NA PONTA DA PINÇA ??????

>
Queridos Leitores,

Hoje pela manhã, recebi um e-mail de uma aluna contendo um link para um artigo de extrema importância para àqueles que praticam Acupuntura Auricular.

Visto o conteúdo deste, resolvi discutir o artigo com seriedade e esclarecimento de todos os pacientes e terapeutas que desta técnica usufruem.

O texto na íntegra se encontra no site:

http://www.acupunturaesaude.com.br/auriculoterapia_-_riscos_que_voce_precisa_saber.htm

A auriculoterapia é uma técnica que usa de estímulos em pontos específicos do pavilhão auricular, com a intenção de estimular terminações nervosas periféricas, que levam o estímulo nervoso até o córtex cerebral que é capaz de reconhecer a área reflexa estimulada e enviar um novo estímulo ao órgão ou região à ser tratada, equilibrando-a. Com, isso, podemos dizer que tal técnica pertence à Reflexologia e estimular pontos auriculares é como se estivéssemos estimulando diretamente o órgão a ser tratado.

O mapa reflexo da orelha não somente foi comprovado na China, mas também cientificamente aclamado após estudos do Dr. Paul Nogier, na França. Atualmente, já existem pesquisas científicas no Ocidente com o uso de Ressonância Magnética Dinâmica que mostram a ligação da orelha com áreas específicas do encéfalo, para cada região diferentemente estimulada.

Os estímulos se dão atraves de agulhas, magnetos, esferas prateadas, douradas, de aço, cristal, sementes de mostarda entre outros. Para que o estímulo ocorra, é necessário que o objeto utilizado chegue até a inervação, para que possa desencadear o arco reflexo cerebral.

No texto encontramos:

Não se pode confundir um trabalho sério e embasado em estudos complexos, com práticas sujas e que colocam em risco a saúde daquele que busca nessa alternativa uma possibilidade de melhorar algum problema de saúde. Um exemplo bem prático disso é o uso de sementes de mostarda fixadas na orelha como forma de terapia.”

A prática de Auriculoterapia com sementes de mostarda, talvez seja a mais antiga das práticas conhecidas, visto a existência de referências literárias do Egito Antigo, da Grécia e da China. Até mesmo Hipócrates (pai da medicina) fez o uso de sementes de mostarda para esta terapia, e após ensaios com esse material, chegou a cauterizar a orelha de diversos pacientes, sem refêrencia à lesões sérias.

Ainda temos no texto:

A semente de mostarda é uma matéria orgânica. E matéria orgânica é matéria que pode entrar em DECOMPOSIÇÃO. O pavilhão auricular (orelha) é muito rico em inervações e altamente vascularizada. Sem dizer que em se tratando de Brasil, país tropical, torna-se também um ambiente bastante úmido.

Não bastasse afixar matéria orgânica em território rico em umidade, vasos e nervos, é comum os “terapeutas” ainda pedirem para os pacientes APERTAREM bem as sementes várias vezes ao dia.

A semente é dura o suficiente para machucar o tecido da orelha a ponto de fazer sangrar ou até mesmo provocar pequenas lesões que inicialmente podem parecer pequenas, mas que por estarem em contato com material orgânico de procedência duvidosa, fica propenso a lesões e inflamações as mais variadas.”

De fato, a orelha é um dos mais vascularizados e inervados tecidos do corpo, e praticamente todo composto de cartilagem, torna-se uma região extremamente propensa à lesão quando não manipulada corretamente. Mas a pergunta que se faz necessária é: Qual paciente utilizaria sementes de mostarda por tempo suficiente para que este mateiral entrasse em decomposição?

As sementes de mostarda não devem permanecer mais de 7 dias na orelha de um paciente, e a orientação que o mesmo deve receber é para que os pontos sejam removidos sob qualquer apareciemnto de alteração, como coceira, quebra da semente ou até mesmo deslocamento do ponto deixando a aurícula com “marcas” de cola de esparadrapo/micropore.

Existe sim, a necessidade do paciente APERTAR VÁRIAS VEZES as sementes durante o dia (pelo menos 3x ao dia), pois somente desta maneira conseguiremos estimular a inervação periférica gerando o arco reflexo cerebral.
Sem contato direto entre objeto estimulante e nervo, não há formação de reflexo, independentemente do material que está sendo utilizado, sendo semente, cristal ou qualquer outro. Porém, este estímulo não deve ser tão forte a ponto de gerar lesão de continuidade da pele do paciente, e desta forma evitamos a penetração de “supostos” microoganismos no meio interno, que continuará sendo protegido por pele saudável.

Outra ressalva que deve ser feita é: Se as sementes de mostarda são duras o suficiente para gerar lesões nas aurículas, quem dirá as agulhas que perfuram pele e cartilagem e ainda assim, quando corretamente manipuladas também nao geram lesões auriculares?
É necessário lembrar que existem agulhas no mercado feitas exclusivamente para prática de Acupuntura Auricular, e as mesmas só devem ser utilizadas por profissionais sérios e bem treinados.

Em outro trecho encontramos:

Cuidado também com ditas esferas de prata ou ouro que seu “terapeuta” pode colocar em você. Elas não são nem de prata e muito menos de ouro. Se fossem, teriam um custo bastante elevado e não é o que ocorre. Esse material é feito de alguma liga desconhecida e que recebe um “banho” de tinta para imitar prata ou ouro. E essa tinta descasca facilmente podendo causar lesões do mesmo tipo que a semente de mostarda que pode “germinar” dentro de sua orelha (…)

As doenças da orelha são as mais variadas. Inflamações na orelha causam desde coceira, lesão tecidual, surdez, e casos mais graves como algum microorganismo penetrar pelo ouvido chegando até o cérebro e até mesmo, em casos mais graves, ocorrer a amputação da orelha quando houver alguma lesão grande o suficiente.”

Concordo que as esferas de prata e de ouro não são realmente feitas neste material, por isso mesmo, hoje em dia os fabricantes já as descrevem como: “esferas douradas” e “esferas prateadas” e de fato alguns pacientes são alérgicos à tinta nelas utilizada. Por isso permanece a recomendação de remover os pontos quando houver reação adversa.

O meio auricular em hipótese alguma é propício para germinação de sementes.
Quando um objeto estranho penetra em nosso corpo, nosso sistema imune rapidamente manda células de defesa ao local, gerando um processo inflamatório. No caso da orelha, uma otite (inflamação do ouvido) acompanhado ou não de uma diminuição temporária da audição.
Para que este quadro seja revertido, basta ir à um médico otorrinolaringologista e pedir a remoção do objeto estranho. E neste caso, a possibilidade de uma semente ou de uma esfera de cristal penetrar no meato acústico é exatamente a mesma, e no caso da auriculoterapia, existem raríssimos casos relatados, ou seja, possibilidade quase nula.

Já a surdez, normalmente é caracterizada pela ruptura total ou parcial da membrana timpânica (que possui a espessura de uma folha de papel vegetal), por envelhecimento fisiológico ou por problemas genéticos.
Por ser uma membrana sensível, pode ser facilmente rompida, gerando surdez por lesão do tímpano. Esferas de cristal ou sementes de mostarda, por não serem materiais pontiagudos, não oferecem risco de ruptura do tímpano, não gerando portanto, surdez lesional.

A Acupuntura Auricular é uma técnica comprovada cientificamente e de extrema seriedade. Não deve ser aplicada por leigos ou pessoas autodidatas.
O que faz a Auriculoterapia ser uma técnica perigosa não é o material nela utilizado, mas sim a falta de conhecimento de muitos profissionais da área.

Por favor leiam, e divulguem!
Obrigada

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

24 comments on “>BLOG DISCUSSÃO: SEMENTES DE MOSTARDA – UM PERIGO NA PONTA DA PINÇA ??????

  1. Paulo Camargo on said:

    >Pois é, Tia Fernanda.O que mais tem na internet são babacas com falácias desse tipo.O pior de tudo é que esse imbecil joga lama no trabalho dos outros e nem percebe que pode espirrar nele também.Quem conhece as coisas sabe que ele está apenas tentando se promover e justificar o preço que cobra nas sessões.Queria vê-lo me chamar de terapeuta entre aspas, cara a cara.Grandessíssimo idiota.

  2. Talita Abi on said:

    >É de ficar indignada com o que se lê nesse artigo!Concordo com o colega que diz que é apenas tentando justificar o valor das suas sessões.E na verdade me questionei quanto a formação deste "colega", que ao invés de promover informações positivas, tenta denegrir e alardar a população.Muito triste.Ainda bem que existe o blog da Fer, que passa informações corretas e coerentes!!=)

  3. Profa. Fernanda Mara on said:

    >O importante é que a verdade sempre seja dita. Assim, e somente assim, estaremos trabalhando em benefício não só da saúde dos pacientes, mas colaborando também para o aumento da cultura e da informação de toda população! Obrigada pela colaboração!!

  4. Anonymous on said:

    >Manda mais blog casos professora.

  5. Profa. Fernanda Mara on said:

    >Temos o Blog Caso 5! Estou aguardando respostas por lá!

  6. Kika on said:

    >Esse "Doutor André Resende" é um médico carioca, que atua atendendo em estética e lançando produtos próprios (agora também cristais), no youtube existe vários vídeos do tal.

  7. Profa. Fernanda Mara dos Santos on said:

    >Olá Kika,Só espero que os "produtos próprios" que ele está lançando sejam menos prejudiciais à saúde dos pacientes do que as ditas esferas de mostarda… Acredito que todo bom profissional deve se preocupar primeiro com a saúde de seus pacientes e somente depois com o que se ganha com cada tratamento.Sucesso e dinheiro são consequência de trabalho bem feito!Um abraço e obrigada pela participação no meu blog!Profa. Fernanda

  8. Anonymous on said:

    >ola eu começei a fazera acupuntura com a semente de mostarda ela funciona mesmo ou é besteira

  9. Anonymous on said:

    >Funciona e muito.Faço o tratamento e so vejo benefícios.Ja utilizo a auriculoterapia com sementes a 6 meses, nunca vi nada parecido.Não paro de fazer por nada.

  10. Anonymous on said:

    >Profa. Fernanda Mara dos Santosconheço uma pessoa que está fazendo esse tratamento da semente de mostarda, mas a orelha dele vive inchada, isso é sinal de que está inflamado e precisam retirar as sementes correto?

  11. Profa. Fernanda Mara dos Santos on said:

    >Olá querido leitor!Sem dúvida, no caso em que existe inchaço nas orelhas do paciente, as sementes devem ser removidas. Pode ser que este paciente seja alérgico à semente ou até mesmo à cola do micropore ou esparadrapo. O ideal neste caso seria trocar as sementes por esferas prateadas, douradas, de aço ou de cristal. Se o edema persistir, será sinônimo de alergia ao material que fixa as esferas.Para pacientes alérgicos, indicamos o uso de auriculo acupuntura com agulhas ou acupuntura sistêmica, livrando a orelha de lesões.Espero ter esclarecido sua dúvida!Abraço!

  12. flor on said:

    >Boa noite professora Fernanda, gostei muito de seu esclarecedor, elucidande e riquíssimo artigo, pois sem falsa modéstia você simplesmente relegou este charlatão a La estilo Walter Mercado ao lugar dele, ou seja, nenhum. Sou estudante de massoterapia do SENAC Barretos, alias concluinte de curso e já atuo há algum tempo como terapeuta. Infelizmente algumas pessoas precisam se utilizar de apelações vulgares para enganar inocentes criando imagens e montagens fotográficas para tanto. Infelizmente o mundo está cheio de babacas desprovidos de conhecimento científico se auto intitulando "doutores". Mas estamos todos juntos nesta luta contra o charlatanismo e é isso o que importa.Parabéns por seu trabalho e felicidades, estaremos sempre juntos combatendo o desrespeito, a falta de conhecimento e ética que infelizmente veicula pela internet.Abraços Dila.

  13. Renata on said:

    >Olá,infelizmente existem profissionais que apresentam obstáculos ao conhecimento e a tratamentos eficazes. Tanto é que a medicina tradicional alopática ainda não consegue resolver vários distúrbios,e mesmo assim não considera a utilidade de certas substâncias. Eu devo dizer que esse ano tive um caso gravíssimo de insônia, de não dormir durante vários dias. Apenas com algumas mudanças na alimentação, fitoterápicos e as sementes de mostarda que consegui dormir. E devo dizer que no mesmo dia que eu fui ao médico e apertei as tais sementinhas, dormi a noite igual a uma criança, coisa que nem mesmo o sedativo receitado por um psiquiatra conseguiu fazer. Vejo tantos relatos de pessoas que se curaram de coisas sérias com ajuda tanto da medicina chinesa , quanto da antroposófica, da homeopática entre outras, e mesmo assim vejo a dificuldade que esses profissionais enfrentam perante a ciência "vigente". Espero que um dia esse preconceito acabe e essas pessoas percebam que tanto faz a técnica contanto que cure alguém de verdade e não apenas mascare a doença. Abraços!

  14. Profa. Fernanda Mara dos Santos on said:

    >Boa Noite Flor e Renata!Fico feliz em saber que os leitores do meu Blog tem consciência dos absurdos que andam pela internet… Mas fico ainda mais feliz em saber que vocês já tiveram experiências positivas com a aplicação e tratamento com acupuntura auricular usando sementes de mostarda. Que continuemos assim, divulgando o que é bom com um único propósito: Melhorar a saúde e as condições de vida daqueles que nos procuram!Obrigada pela confiança de vocês!Um grande abraço!Profa. Fernanda

  15. melissa9016 on said:

    >ola fer eu melhorei bastante depois que comecei a farzer acunputura auricular usando sementes de mostarda ….

  16. Márcia on said:

    >ola, faço tratamento de depresão em uma unidade do caps em minha cidade e eles começarão a fazer acunputura auricular usando sementes de mostarda ,depois que começei a usar essa tecmica eu melhorei bastante tinha dificuldade em dormir mesno usando medicamento agora durno bem até o meu nervosisno melhou bastante …

  17. Anonymous on said:

    >Olá, também trabalho com medicina chinesa e fico indignada com esses "médicos" que só conseguem – quando conseguem – fazer alguma coisa por alguém mediante um valor absurdo que cobram de consulta e a custa de medicamentos caríssimos que ainda trazem efeitos colaterais. E aí ficam morrendo de inveja de quem consegue aliviar o sofrimentos das pessoas com uma simples semente de mostarda… Não pensam que, se tirarem as farmácias do mundo, eles não podem mais "fazer" nada por ninguém… enquanto que os terapeutas… – shiatsu, não precisa de nada além das mãos; aurículo, acupuntura, fitoterapia, etc, etc…

  18. Anonymous on said:

    >Fernanda Boa Tarde, saúde e paz!Sou o Professor Walter R. Lara Filho, atuo na área da massoterapia e acupuntura desde 95/97.Ministro cursos e palestras dentro e fora de SP.Tomei conhecimento de seu blog somente hj e estou lendo os artigos postados. Nesse onde o Dr. André Resende comenta, creio que ele ou 'eles médicos' não conhecem como são os cursos para nossa formação!Neste ano formei 3 médicos que já tinham formação em Acupuntura pela AMBA – Associação Médico Brasileira de Acupuntura através do Dr. Ruy Tanigawa. E o qual minha surpresa? os médicos não tinham base alguma em relação aos Ciclos dos 5 elementos,sem falar que fazem atendimento do tipo 'mutirão' dezenas de pacientes sendo atendidos à cada 15 minutos…kkkkNão sabem tratar o corpo como um todo e só enxergam o local da patologia. Esse é o grande diferencial entre nós e os médicos. Em nossa formação tratamos o corpo como um todo,observamos fatores físicos, psicofísicos e exógenos,por outro lado eles vêem como mais um filão para se ganhar dinheiro.Quando ministrei o curso para estes profissionais da área da saúde, percebi que eles possúem uma grande falha nesse quesito.Outro detalhe é que os médicos cobram em média de R$ 90,00 à R% 150,00 uma sessão de aurículo sem falar quando atendem na parte sistêmica e colocam de 30 a 50 agulhas no paciente/cliente e cobram por pacote de agulha mais R$ 20,00; sem falar que insistem em promover pacotes de tratamento…kkk Gostaría que alguém me dissesse como nós podemos determinar que o paciente/cliente ficará bom em 10, 20 ou 30 sessões….kkk é uma piada querer oferecer pacotes terapêuticos para tratamento. O pior é que assim como a classe médica existem os Terapeutas e o Terapeuta. Existem muitas escolas onde formam colegas de modo e maneira errada, sem técnica e fundamentos, pior ainda os táis professores que se formam em nossa área não possúem vivência e depois ensinam com falhas absurdas. Devemos sim fortalecer nosso conhecimento ensinando ministrando palestras abertas ao público, empresas, clubes, associações etc. Quanto mais informarmos a população melhor será o sentimento crítico e o conhecimento de quem se submeter aos atendimentos dos éticos e não-éticos.Grato pela atenção,Prof. Walter Rodrigues Lara Filho

  19. Profa. Fernanda Mara dos Santos on said:

    >Queridos Leitores,Primeiramente gostaria muito de agradecer a participação de todos vocês no meu BLOG. Quando resolvi escrever este post, especificamente, fiquei com medo de não ser apoiada como estou sendo agora. Fiquei com medo das pessoas simplesmente não colocarem o corpo à prova desta técnica e saírem por ai divulgando e defendendo mentiras.Graças à vocês, que aqui estão postando e colocando suas visões sobre o assunto, posso notar que não só a acupuntura auricular, mas outras muitas técnicas da Medicina Natural estão sendo utilizadas por profissionais de grande competência, fazendo pessoas mais saudáveis e felizes e assim atingindo o nosso objetivo: "O de fazer uma pessoa mais plena e saudável".Não importa a técnica que vamos usar, não importa as mentiras que são ditas, não importa o quanto vai se ganhar praticando esta ou outra medicina. A única coisa que realmente importa é O BEM ESTAR dos nossos pacientes. E isso certamente estamos conseguindo fazer.Um abraço carinhoso à todos.Profa. Fenrnanda

  20. Sara on said:

    >Olá profa. Fernanda li alguns artigos seus e percebi que vc é uma profissional séria e com vasto conhecimento sobre auriculoterapia. Quero muito fazer um curso nesta area e me especializar, estou aprendendo a amar essa técnica e os beneficios que ela traz. Moro em Brasilia e gostaria de saber se vc me indicaria algun lugar por aqui onde eu possa fazer o curso e me tornar uma terapeuta qualificada. Aguardo sua respota. Desde ja obrigada. Meu email é: saramaisamigos@hotmail.com

  21. Anonymous on said:

    >Prof.ª Fernanda,É muito triste ver um comentário desse numa página de um profissional que infelizmente, estudou no mesmo lugar que estudo hoje, me sinto até envergonhada, mas aproveitarei para mostrar a todos na minha sala. Posso dizer com o pouco que conheço sobre MTC que ele deve ter faltado algumas aulas ou não estava prestando atenção o suficiente. Ele é fisioterapeuta com especialização em Acupuntura, lá na pós os professores sempre falam que devemos aprender o suficiente, seja em livros, em sala ou praticando no estágio, antes de sairmos por aí inserindo agulha nas pessoas. Para eles, se fizermos isso sem uma base científica da MTC, seremos meros agulheiros, e vejo que é o caso deste profissional mal informado o "Dr. André". O importante são os conhecimentos sobre as síndromes, pois se não sei diagnosticar na MTC o que meu paciente tem, como irei determinar que tal patologia poderá ser resolvida em X sessões?Um grande abraço.Mara.

  22. rosangela on said:

    minha mãe ia começar fazer essa terapia, e depois de ler a respeito não deixei ela fazer, achei perigoso. obrigada pela ajuda.

    • Fernanda Mara dos Santos on said:

      Olá Rosangela,

      Pode ficar tranquila que se sua mãe for atendida por um profissional formado, especializado na área ela não corre nenhum risco de se machucar. Pelo contrário. A Acupuntura Auricular tem em média de 70 a 90% de eficácia na grande maioria dos casos. Eu inclusive recomendo que ela se utilize desta técnica tão simples e tão rápida de efeito, para melhorar o que quer que ela tenha.
      Se precisar de mais alguma dica, pode contar comigo.

      Um grande abraço,

      Profa. Fernanda Mara

  23. Pingback: Auriculoterapia – 2 | Reiki

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

HTML tags are not allowed.