Infertilidade Masculina na Medicina Tradicional Chinesa

Boa Tarde Leitores,

Há alguns dias atrás escrevi sobre a Infertilidade Feminina Segundo a Medicina Tradicional Chinesa e hoje, irei escrever sobre a Infertilidade Masculina, que é responsável por, em média, 30% dos casos da falta de sucesso de uma gestação.

A Medicina Ocidental cita as seguintes causas a infertilidade masculina:

  1. Varicocele – conhecidas também como varizes do testículo que dificultam o retorno venoso provocando disfunção testicular e piora da qualidade do sêmen;
  2. Diminuição do número de espermatozoides ou ausência da produção dos mesmos;
  3. Pouca mobilidade dos espermatozoides;
  4. Espermatozoides anormais;
  5. Vasectomia;
  6. Doenças sexualmente transmissíveis e infecções secundárias advindas das mesmas.
  7. Causas imunológicas e genéticas que são raras e ainda as consequências de radioterapia, quimioterapia, doenças neurológicas, diabetes, medicamentos, estresse e perturbações no processo de ejaculação.

Do ponto de vista da Medicina Tradicional Chinesa, as principais causas de infertilidade masculina possuem as seguintes categorias:

  1. Deficiência do Yang do Rim

A Deficiência do Yang do Rim pode acontecer por consumo excessivo de alimentos frios e crus, por excesso de trabalho físico excessivo, excesso de atividade sexual, fraqueza hereditária e até mesmo por doença crônica pré existente, como diabetes e obesidade.

O Yang do Rim tem a função de transformar os fluídos corpóreos, e quando está deficiente, irá produzir pouco espermatozóide ou nenhum espermatozóide.

Neste caso o terapeuta deverá tonificar o Yang dos Rins, e a Moxa deverá ser utilizada.

Sugestão de pontos: VG4, B23, B52, R7, E28, VC9.

2. Deficiência do Yin do Rim 

A Deficiência do Yin do Rim pode acontecer por excessos de estresse emocional, trabalho sem repouso, má alimentação e atividade sexual. Também pode estar presente por constituição fraca (genética) e também após doenças febris que consomem os fluídos corpóreos.

Como o Yin do Rim representa a Essência e a estrutura dos tecidos corporais, sua deficiência pode gerar espermatozóides anormais ou com pouca mobilidades, pois suas estruturas estarão alteradas.

Neste caso, o terapeuta deverá tonificar o Yin dos Rins e utilizar fitoterápicos que aumentem a função do mesmo, como o Liu Wei Di Huang Ho.

Sugestão de pontos: B23, B52, R3, R6, VC4, E36, BP6, CS6.

3. Estagnação do Qi do Fígado

A Tensão Emocional é, provavelmente, o único causador da Estagnação do Qi do Fígado. A raiva reprimida, frustrações de longo período pode fazer com que o Qi do Fígado deixe de circular de forma harmônica e suave, ficando estagnado.

Em longo prazo, o Qi estagnado causa estagnação do Sangue, o que pode levar ao aparecimento de varizes, neste caso, Varicoceles.

Neste caso, o terapeuta precisará mover o Qi do Fígado, acalmar a mente do paciente, e como consequência, voltar a mover o sangue.

Sugestão de pontos: F3, F8, F13, F14, CS6, VB34

Normalmente, a reação do corpo à Estagnação do Qi, é mover o mesmo, e na tentativa de “empurrar o Qi e o Sangue” irá surgir calor nos sistemas fisiológicos, que poderá gerar parte do padrão seguinte.

4. Umidade-Calor no Aquecedor Inferior (órgãos pélvicos)

A Umidade-Calor no Aquecedor Inferior pode aparecer como uma piora da Estagnação do Qi (falado no padrão anterior) associado à má alimentação, com excesso do consumo de laticínios, gorduras e carboidratos.

Alimentos frios e crus, em longo prazo também podem tornar o meio interno úmido.

É importante lembrar que a umidade é um fator patogênico que é removido pelo Baço-Pâncreas quando o funcionamento deste órgão encontra-se normal. Quando há o excesso de consumo de alimentos que afetam o Baço, o mesmo, sobrecarregado, perde a capacidade de remover a umidade que se acumula nos sistemas e, nos caso da Infertilidade Masculina, irá afetar o funcionamento dos órgãos pélvicos, impedindo o deslocamento dos espermatozóides. Para tratar a Umidade é necessário que se trate o Baço-Pâncreas.

Já o Calor, normalmente é o resultado do estresse emocional ou da alimentação excessiva com comidas quentes, como carne vermelha ou alto consumo de álcool. Uma vez produzido, ele se junta à Umidade, deixando o meio onde o espermatozóide demasiadamente quente, inviabilizando a produção e/ou deslocamento normal do mesmo.

Neste caso é necessário eliminar a Umidade, Fortalecer o Baço-Pâncreas, clarear o Calor e Acalmar a Mente.

Sugestão de Pontos: BP3, Bp6, BP9, C7, CS6, F8, VG4.

***O Journal of Chinese Medicine indicou, em uma ocasião, que as principais causas da anormalidade do esperma são a deficiência de Yang do Rim, deficiência de Yin do Rim e a deficiência do Qi dos Rins que afeta o Fígado e o Baço e leva à estagnação do Qi e do Sangue ou à umidade-calor no Aquecedor Inferior.

A acupunctura tem-se mostrado útil para ajudar a equilibrar o sistema hormonal e restaurar níveis mais elevados de fertilidade nos homens.

Estudos – por Departamento de Ginecologia e Andrologia

a) Um estudo realizado pela Faculdade de Acupuntura e Moxabustão na Universidade de Shangai relatou 35 casos de infertilidade devido a anormalidades no esperma que foram tratados apenas com eletro-puntura de baixa frequência. Os resultados do estudo mostram uma melhoria nos sintomas de dor na região lombar, micção frequente, emissão seminal e nos vários parâmetros de avaliação do esperma.

A atividade e quantidade de esperma, qualidade do sémen e do meio espermatogénico (diminuição significativa da mucosidade e tempo de liquefação) também melhoraram. Igualmente importante, os hormônios sexuais foram normalizados da seguinte forma:

– 33,5% de melhoria em FSH

– 35,3% em LH

– 57,1% nos níveis de estrogênio

– 65,1% em testosterona

b) Num estudo israelita foram analisadas amostras de sémen de 16 homens sub-férteis tratados com acupuntura. A análise foi realizada antes dos tratamentos e um mês após. Os tratamentos foram administrados duas vezes por semana durante cinco semanas. Foram também analisadas as amostras de sémen de 16 homens sub-férteis não tratados, como um grupo de controle. Nos homens tratados com acupunctura, as melhorias foram medidas em percentagem de viabilidade, percentagem de espermatozoides móveis totais por amostra, e integridade dos flagelos (cauda do espermatozoide). O índice de fertilidade do esperma aumentou “significativamente” após o tratamento de acupunctura.

c) Em estudo realizado pelo Instituto de Acupuntura e Meridianos – Anhui College of TCM, Hefei, China – relatou que 87 casos de infertilidade masculina, com anomalias de sémen foram tratados com uma fórmula de fitoterapia.

A análise do sémen pós-tratamento mostrou que os parâmetros do esperma melhoraram em 83 dos 87 casos (mais de 95% dos casos).

No final do estudo, 49 das esposas dos homens tratados (56,32 por cento) estavam grávidas.

** Os estudos referidos neste texto foram tirados de: http://ginecesmtc.blogspot.com.br/2013/06/infertilidade-masculina.html

É isso aí pessoal.

Existem muitos estudos disponíveis online mostrando a eficácia da Acupuntura e Fitoterapia na Infertilidade Maculina. Em  Medicina Chinesa, é ideal que nos casos de infertilidade, seja tratado o casal, equilibrando a energia de ambos facilitando assim a geração de descendência.

O terapeuta deve sempre estar atento ao padrão de desequilíbrio do paciente para tratar corretamente.

Espero ter sido útil!

Grande abraço à todos!

Profa. Fernanda

Esta entrada foi publicada em Geral. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>