Insônia Segundo a Medicina Tradicional Chinesa – Introdução

Bom dia Leitores!! 

Hoje vamos discutir um pouco sobre como a Medicina Chinesa vê a Insônia, mas antes de começarmos a falar do aspecto oriental, é preciso saber que, para a Medicina Ocidental a insônia é:

“A dificuldade de adormecer ou de manter o sono, que excede o período de um mês, independente de problemas de ordem física e sem a utilização de substâncias capazes de alterar o sono”.

Na Medicina Chinesa, a qualidade de sono e a capacidade de iniciar o sono estão relacionados à circulação harmônica de sangue no sistema nervoso central. A teoria diz que durante o dia, precisamos de sangue em todo corpo para o funcionamento dos sistemas fisiológicos e, no período da noite, o sangue retorna em maior quantidade ao sistema nervoso central para que a mente relaxe. Alguns livros clássicos dizem:

“Para que se tenha um bom sono, é preciso que a mente descanse sob uma manta de sangue”.

Partindo do princípio que para se dormir bem é necessária uma circulação de sangue ideal, os órgãos que tem relação com o sangue sempre estarão afetados quando o paciente não consegue dormir. São eles:

1) Baço-Pâncreas: Produz o sangue

2) Fígado: Envia sangue sob demanda (envia sangue para onde há necessidade de sangue, se eu vou correr uma maratona, preciso de sangue nos músculos. Se eu preciso digerir alimentos, o sangue será mandado para o estômago, etc…)

3) Coração: mantém o fluxo de sangue dentro dos vasos

4) Rim: produz medula e ajuda o Baço-Pâncreas na produção de sangue.

Para cada órgão afetado, somos capazes de produzir tipos de insônia diferentes, como demorar para pegar no sono, acordar diversas vezes durante à noite, ter sono perturbado por sonhos/pesadelos, acordar muito cedo pela manhã/madrugada e não conseguir mais dormir.

Todos esses tipos de insônia e algumas sugestões de pontos de tratamento serão discutidos em uma Live.

 Onde: https://www.facebook.com/ieduvcursos/

Quando: Quarta feira, dia 26/07 às 8hs

Espero vocês lá!

Abraços!

Profa. Fernanda

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

HTML tags are not allowed.