PONTOS DE ACUPUNTURA: AÇÕES x INDICAÇÕES

Olá Leitores,

Hoje vamos falar um pouquinho sobre Pontos de Acupuntura. Alguém já se perguntou qual a diferença entre A AÇÃO DE UM PONTO e SUA INDICAÇÃO?

Muitos estudantes de medicina chinesa, preferem decorar indicações de pontos a entender quais suas ações. Fato este compreensível, visto o grande volume de matéria que precisa-se aprender.

Com isso, não é difícil que um aluno responda que o melhor ponto para curar a dor de cabeça é o IG4, ou que o melhor ponto para relaxar a musculatura é o E36 ou ainda afirmar, com 100% de certeza, que o melhor ponto para acalmar o paciente é o Yintang.

Essa visão é superficial e equivocada. Sempre que vamos escolher um ponto de acupuntura para tratar um paciente é preciso estar atento à sua AÇÃO.

É a AÇÃO QUE JUSTIFICA A INDICAÇÃO de um ponto de acupuntura.

Na Medicina Tradicional Chinesa, as doenças estão baseadas em Síndromes, que podem afetar a circulação e/ou produção do Qi (energia) e do Xue (sangue). Quando voltamos aos 8 Princípios (já discutidos aqui no Facilitando a Acupuntura), vamos notar que as doenças podem ser:

a) Internas ou Externas

b) de Calor ou Frio

c) de Excesso ou Deficiência ou

d) de Yin ou de Yang

Partindo deste raciocínio, todos os pontos de acupuntura terão ações que justifiquem o combate a alguma Síndrome. Como por exemplo:

- Pontos que expelem o vento interior ou expelem o vento exterior

- Pontos que Refrescam o calor do sangue ou Dissipam o frio e move o sangue

- Pontos que Removem a Umidade (doença de excesso pois possui fator patogênico) ou que Tonificam o Qi (doença de deficiência)

- Pontos que Tonificam o Yin ou Acalmam o Yang

Estes são somente algumas das muitas ações que os pontos de acupuntura podem ter. Vamos, então, analisar um ponto para que esta visão se torne mais clara:

O ponto IG4 possui as seguintes ações:

- Expele o Vento interior e liberta o exterior

- Dispersa o Qi do Pulmão, Regula o Qi defensivo e a transpiração, Tonifica o Qi

- Interrompe a dor

- Harmoniza a subida e a descida do Qi

- Beneficia olhos, nariz, orelhas e boca

- Promove o trabalho de parto e Acalma a mente

E possui as seguintes indicações: febre, espirro, dor de cabeça, transpiração, dor de dente e de garganta, inchaço da face, desvio do olho e da boca, hemiplegia, dor no braço, contração dos dedos, tinido, surdez, vermelhidão, inchaço e dor no olho, visão turva, epistaxe,congestão e secreção nasal, aftas, amenorréia, trabalho de parto prolongado, atrasado e retenção do feto morto.

Assim temos a seguinte compreensão:

** O ponto IG4 é bom para dor de cabeça pois interrompe a dor, expele o vento e acalma a mente, porém, isso não significa que este seja o melhor ponto para todo e qualquer tipo de dor de cabeça. IG4 tem a capacidade de contrair os músculos, mover e tonificar energia. Em resumo, é um ponto YANG. Se o paciente sofrer de uma dor de cabeça por excesso de Yang, IG4 fatalmente poderá piorar a dor.

** IG4 é bom para surdez, tinido, visão turva, dor nos olhos, aftas, congestão e secreção nasal pois possui a ação de beneficiar os ouvidos, olhos, boca e nariz.

** IG4 é bom para amenorréia e problemas no parto pois tem a ação de induzir o trabalho de parto, causando a contração do útero. Portanto pode ser abortivo nos primeiros meses de gestação.

** IG4 é bom para hemiplegia e paralisia facial pois tem a ação de expelir o vento interior (doenças de vento sempre podem causar paralisias ou movimentos descontrolados)

** IG4 é bom para febre, pois possui a ação de expelir o vento exterior e regula o Qi defensivo.

Além das indicações citadas no livro, ao ler as ações de um ponto, o Acupunturista pode supor, de acordo com as ações, que outras indicações não citadas, também sejam possíveis, por exemplo:

** IG4 – Dispersa o Qi do Pulmão – consequentemente pode ser indicado para falta de ar.

** IG4 – Regula o Qi Defensivo – consequentemente pode ser indicado para aumentar a imunidade.

** IG4 – Harmoniza a Subida e a Descida do Qi – consequentemente pode ser indicado para melhorar refluxo, incontinência urinária ou até mesmo diarréia.

Se aplicarmos esse raciocínio à todos os pontos de acupuntura, veremos que certas indicações que decoramos não são as melhores que um ponto pode ter. IG4 até pode curar uma dor de cabeça, mas pode ocasionar um aborto se não conhecermos a fundo suas funções. Lembrando que mulheres grávidas podem sofrer de dor de cabeça.

O bom acupunturista é aquele que ao ler as ações de um ponto, é capaz de sugerir suas indicações sem ler quais elas são. Então, uma boa maneira de praticar é ler as ações, falar em voz alta as possíveis indicações e só depois ler o que os livros indicam.

As indicações são só consequências das ações.

Vamos praticar? Quem sugere um ponto??

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

31 comments on “PONTOS DE ACUPUNTURA: AÇÕES x INDICAÇÕES

  1. Kamila on said:

    OI prof. Fernanda, que bom que voltou a publicar por aqui!
    Seus textos são muito bons e esclarecedores…assim como suas aulas!
    Estaremos esperando por mais aulas suas! (turma 11 Firval)
    Muita paz…obrigada

  2. Maria Isabel da Cruz on said:

    Gostei muito dos textos e da forma objetiva e leve que passa o conteúdo.

    • Fernanda Mara dos Santos on said:

      Olá Kamila e Maria Isabel,

      Muito Obrigada por participarem do Facilitando a Acupuntura… Sempre que precisarem podem contar comigo e farei o possível para ajudá-las. Se houver algum assunto específico que queiram ler, podem me falar.
      Quanto as aulas Kamila, espero muito em breve estar de volta!

      Grande abraço!
      Profa. Fernanda

      • Kamila on said:

        Prof. Fernanda
        Eu e algumas alunas ficamos encantada com sua aula sobre magnetos…e estamos usando a todo vapor…
        Se vc pudesse dar uma forcinha num texto ficaríamos gratas…na aula anotamos os pontos relevantes para utilização do magneto, mas não sabemos se tonifamos ou sedamos, alguns fica óbvio que é tonificação, já outros como VC17, IG4, CS6, ID3 e outros ficamos na dúvida!
        Em fim contamos com você!
        Obrigada….beijão

        • Fernanda Mara dos Santos on said:

          Olá Kamila!!

          Que bom que vocês estão gostando de usar os Magnetos!! Realmente é uma técnica muito bacana, principalmente para quem não gosta de agulhas :)

          Vamos ver se eu consigo tirar a dúvida de vocês…
          Você listou VC17, IG4, CS6 e ID3. Para decidir qual o lado do magneto você precisa usar, você tem que ter em mente o seguinte raciocínio:

          1) Qual a ação do ponto?
          2) Eu desejo que o magneto atue tonificando ou sedando a ação?
          3) A doença é de excesso ou deficiência?

          Exemplo: VC17 tem a ação de mover a energia no tórax. Se a intenção é mover a energia, então use o magneto tonificando. (Cuidado ao usar o magneto nesse ponto pois pela proximidade do coração o paciente pode ter palpitações. Se for um paciente cardíaco não medicado, o magneto é contra indicado.)

          CS6 possui a ação e acalmar a mente. Se você deseja acalmar o paciente, então tonifique a ação do ponto. Porém, se o paciente possui estagnação de energia no tórax, e sua intenção é mover a energia utilizando CS6, você deve sedá-lo, visto que estagnação é doença de excesso.

          IG4 tem ação de aumentar a contração dos membros inferiores, se sua intenção é conseguir essa ação, tonifique o ponto. Porém, IG4 expele o vento exterior. Vento é fator patogênico, que caracteriza doença de excesso. Se você quiser usar o ponto para remover o vento, use em sedação.

          E assim vai…

          Vamos tentar fazer uma regra prática, porém sempre avalie se não existe uma exceção:

          1) Dores, na maioria das vezes são causadas por algum tipo de excesso. Se for usar um ponto com a intenção de curar dor, use em sedação.

          2) Se o ponto tiver a capacidade de remover fatores patogênicos, ou mover estagnações, e se você estiver usando o mesmo com estas intenções, então use em sedação, pois estagnações e fatores patogênicos constituem doenças de excesso.

          3) Se o ponto tiver a ação de tonificar o Qi ou o Sangue e você desejar esta ação, então use em tonificação, pois se o ponto tonifica, ele trata doenças de deficiência.

          4) Pontos que acalmam a mente necessitam ser avaliados se devem ser tonificados e sedados. Se a mente estiver agitada, pois há estagnações ou fatores patogênicos (por exemplo fleuma agitando a mente), então use o ponto em sedação. Se a mente estiver agitada sem motivo aparente, tonifique a ação do ponto de acalmar a mente.

          Será que eu consegui ajudar?
          Se ainda tiver alguma dúvida, vamos continuar discutindo, ok?

          Estou as ordens!

          Beijo pra você!
          Profa. Fernanda

  3. Aline on said:

    Olá Prof. Fernanda!
    Vou sugerir F3.
    Segundo YAMAMURA, as funções energéticas tradicionais são:

    - Harmoniza e tonifica o Qi do F e do Xue

    - Harmoniza o Qi e o Qi da VB.

    - Redireciona o Qi em tumulto contracorrente

    - Dispersa umidade calor

    - Faz a limpeza do Fogo do F e do Calor

    - Refresca o Xue

    - Relaxa tendões e músculos

    • Fernanda Mara dos Santos on said:

      Olá Aline!!! Legal que você sugeriu um ponto para que possamos estudar…

      Você colocou inicialmente as ações dos pontos… Então, vamos encontrar algumas indicações possíveis segundo as próprias ações?
      Vamos lá… Começarei com algumas e depois você poderá sugerir outras, ok?

      - F3 possui a ação de Refrescar o sangue: se F3 refresca o sangue, então ele é capaz de tratar doenças em que o sangue esteja quente, como por exemplo: alguns tipos de enxaqueca, doenças com prurido ou erupções cutâneas, gastrite, coceira e vermelhidão nos olhos, queda de cabelo, entre outras.

      - F3 possui a ação de relaxar os tendões e músculos: com isso, é possível tratar dores musculares de qualquer origem, câimbras, rigidez e contração dos músculos, tendinites, espasmos (inclusive os gerados por problemas neurológicos) etc.

      - F3 possui a ação de Redirecionar o Qi em tumulto contra a corrente: para entender as indicações vindas desta ação, e preciso saber qual a direção de cada energia do corpo. Então, para simplificar é preciso saber que todas as energias do corpo são direcionadas para baixo, a exceção da Energia do Baço-Pâncreas que é ascendente e do Fígado que é multidirecional. Então vamos aos sintomas que podem ser tratados: diarréia (Qi do Baço contra corrente), vômito e refluxo (Qi do Estômago contra a corrente), asma e opressão (Qi do Pulmão contra corrente), entre outros.

      - F3 possui a ação de fazer a limpeza do Fogo do Fígado e do Calor: o fogo e o calor no fígado causam os seguintes problemas –> dores de cabeça, irritabilidade, reatividade excessiva, visão turva, coceira e vermelhidão nos olhos, insônia, pesadelos, doenças de pele com coceira e erupções, menstruação excessiva, cólicas menstruais. Dessa maneira, podemos compreender que essas são as indicações para essa ação.

      O que você me sugere para as ações: Hamorniza e tonifica o Qi do Fígado e do Sangue e Hamorniza o Qi da Vesícula Biliar?? Vamos continuar estudando?

  4. andre on said:

    muito bom mesmo !!! quando penso que ja aprendi tudo na acupuntura ,encontro uma pessoa como voce ,com uma colocaçao fantastica sobre detalhes que podemos ate saber da forma que aprendemos mas nao a maneira correta que deveriamos aprender.parabens gostei muito da colocaçao de sua aula .voce consegue colocar bem as palavras para simplificar a acupuntura.

    • Fernanda Mara dos Santos on said:

      Olá André!

      Quero que saiba que fiquei muito feliz com o que escreveu… Seu comentário chegou até mim em um dia em que estava pensando sinceramente em parar de escrever. Acredito que todos nós podemos passar uma vida inteira estudando e ainda assim não conseguiremos aprender tudo que gostaríamos. Este blog é apenas uma tentativa de me manter estudando e ao mesmo tempo tentar ajudar as pessoas que gostam, como eu, de Medicina Chinesa.
      Sou professora de acupuntura há mais ou menos 10 anos e é uma felicidade muito grande trocar informações com amigos, alunos, professores e afins…

      Quando recebo um comentário como o seu, consigo esquecer de todas as críticas maldosas que já recebi e me encorajo a continuar no caminho, sempre na melhor das intenções que é ajudar…
      E assim, espero continuar conseguindo fazer o estudo das pessoas um pouquinho mais leve… Tenha a certeza que estarei sempre as ordens!

      Muito Obrigada de coração pela sua participação!
      Um grande abraço,

      Profa. Fernanda Mara

  5. Mirtes on said:

    Olá Fernanda, boa noite! Adoro tudo o q vc escreve ….a facilidade com que fala de acupuntura é incrível…saiba que seus textos são extremamente úteis p/ todos nós alunos de acupuntura…Abração…

    • Fernanda Mara dos Santos on said:

      Olá Mirtes!

      Fico muito feliz em poder ajudar!! Conte comigo sempre que precisar!
      Obrigada por participar do Facilitando a Acupuntura!

      Grande Abraço,

      Profa. Fernanda

  6. Kamila on said:

    OI Prof. Fernanda
    Muito obrigada pela atenção!
    Seus esclarecimentos foram uma luz!! : )
    Por favor nem pense em parar de escrever por aqui!!
    Suas publicações nos ajudam muuuuito…ainda mais para quem está iniciando os estudos, como nós!
    Mais uma vez muitíssimo obrigada!
    Muita paz….até!
    Beijão

  7. adriana guida on said:

    Boa Noite Fernanda! Fiz curso de Auriculo com vc na Firval, e estou com uma duvida, vc numa aula falou da caneta laser pointer verde, aquelas baratinhas…., entao, nao lembro se é de 50 mW ?

    • Fernanda Mara dos Santos on said:

      Olá Adriana,

      A caneta laser point verder, com o mínimo de potência para se notar efeito na acupuntura é de 5mW. Você não precisaria de mais do que isso. Porém você vai encontrar para vender canetas de 10, 25, 50, 70, 80 e ate de 120mW. O problema é o tempo de aplicação de cada uma. A de 5mW pode ficar até um minuto sobre o ponto sem causar lesões… Já as mais fortes, como de 70 e 80mW você não deve ultrapassar 10 segundos de aplicação. Eu sugiro que você comece com uma de potência menor, avalie os resultados e se gostar passe para uma mais forte.

      Beijo pra você!
      Profa. Fernanda

  8. Patricia on said:

    Gostei mmt da maneira didática com que passa as informações, por favor divulgue cursos que ministra…não tem coisa mais gostosa do que fazer curso e ouvir pessoas como vc falar…dá para sentir o amor com que executa sua profissão, faz por prazer e tem prazer em passar conhecimento! continue escrevendo vc é D maissssss! Patricia

    • Fernanda Mara dos Santos on said:

      Olá Patrícia!

      Fiquei muito feliz em receber a sua mensagem… Não sei onde você mora, mas atualmente dou aula em Anápolis (GO), Brasília (DF – principalmente cursos livres), Manaus (AM), São José dos Campos (SP), Mogi das Cruzes (SP) e possivelmente irei para Fortaleza e Santarém, porém nada confirmado.
      Sempre digo aos meus leitores que ao ter interesse em fechar uma turma de curso, podemos conversar no sentido de ter uma parceria… Eu vou onde me chamam, e vou com o maior carinho e prazer em ensinar… Basta saber qual curso quer, onde quer e podemos dar um jeito :)

      Espero sempre conseguir ajudar de alguma forma os estudantes de Medicina Tradicional Chinesa… Sei que ainda sei muito pouco desta arte milenar, mas o pouco que sei tenho muita alegria em compartilhar!
      Um grande abraço e muito obrigada pelo carinho!

      Profa. Fernanda Mara

  9. katia on said:

    gostaria de saber se vc tem algum livro de acupuntura para recomendar

    • Fernanda Mara dos Santos on said:

      Olá Kátia,

      Existem muitos livros bons para iniciar o estudo em Acupuntura. Particularmente gosto muito dos livros do Maciocia: Fundamentos da Medicina Chinesa, O Diagnóstico da Medicina Chinesa e A Prática da Medicina Chinesa.
      Um mais Básico, seria do Auteroche: Diagnóstico da Medicina Chinesa.
      Existem outros autores bons, como Jeremy Ross ou Ysao Yamamura…
      Com qualquer um desses autores, você estará muito bem acompanhada.

      Um grande abraço,

      Profa. Fernanda Mara

  10. Carmela b Reipertt on said:

    Nao sou aluna da Ebramec mas tenho apreendido muito com suas orientaçoes e agradeço, um dia irei te conhecer para agradecer pessoalmente.

    • Fernanda Mara dos Santos on said:

      Olá Carmela!!!

      Fico muito feliz em saber que de alguma forma estou colaborando com o seus estudos e ajudando-a na compreensão da Medicina Tradicional Chinesa.
      Também não integro, infelizmente, o corpo docente da Ebramec… Quem sabe um dia não é?

      Sempre que precisar estarei as ordens!

      Grande abraço!

      Profa. Fernanda Mara

      • IDA IACOMINI on said:

        Profa Fernanda
        moro minas gerais,
        a amo seu blogue
        parabens….vc é muito especial
        ñ para de escrever.
        q DEUS te ilumina cada
        dia mais.
        bjos
        ida iacomini.

        • Fernanda Mara dos Santos on said:

          Olá Ida!

          Muito Obrigada pelo carinho e pelo incentivo à continuar escrevendo :) Espero sempre poder continuar ajudando estudantes e pacientes de acupuntura à sanar suas dúvidas, mesmo que eu demore um pouco nas atualizações!
          Um grande abraço! E que Deus continue iluminando à todos nós :)

          Fernanda

  11. Victor on said:

    Gostaria de saber como eu trato uma artrose nas articulações do polegar do pé.

    • Fernanda Mara dos Santos on said:

      Bom dia Victor!

      Tudo bem com você?
      Antes de se iniciar um tratamento para qualquer tipo de artrose, em qualquer articulação, você precisa estar atento à avaliação geral do paciente. Como a artrose é uma doença que afeta os ossos, possivelmente esse paciente terá um desequilíbrio no Rim, que é o órgão responsável pelos ossos. Como a movimentação articular fica prejudicada, possivelmente esse paciente também terá o Fígado afetado.
      Com isso, é necessário equilibrar os 2 órgão acima, e são pontos gerais para essa situação: F3, F8, R3, B23, B52, B18.

      Se a articulação acometida foi o hálux (dedão do pé) alguns pontos locais podem ser usados, como: BP3, F2, BP1, F1. Ou ainda pontos distais, como: TA3, TA4.

      A magnetoterapia e a terapia com stiper também podem ser utilizadas.

      Espero ter ajudado.

      Um grande abraço!

      Profa. Fernanda Mara

  12. Maria Helena Silva on said:

    Olá Fernanda,
    Uma beleza seu blog. Parabéns e continue sempre!
    Gostaria de ser enriquecida com um pouco de seus conhecimentos na área da atividade mental das pessoas, em particular, sobre a bipolaridade.
    Grata.

    • Fernanda Mara dos Santos on said:

      Ola Maria Helena!

      Bom dia!
      Fiquei muito feliz com a sua participação no Facilitando a Acupuntura!
      Gostei muito do tema que você propôs! Escreverei sobre ele em breve.

      Um grande abraço!
      Profa. Fernanda Mara

  13. Iza Valente Correia on said:

    Que bom que existem pessoas como vc pois dividem o que sabe com os outros, isto atualmente e muito raro aproveito muito tudo que vc publica muito obrigada.
    Iza

  14. Luis Lobo on said:

    Muito boa abordagem prof.Fernada,parabens.

  15. José Viana on said:

    Pela primeira vez estou lendo seu blog,que maravilha,sou professor aposentado e a uns dez resolvi estudar aurículo e outras tais como moxabustão,estou aprendendo muito com vc.
    José Viana

    • Fernanda Mara dos Santos on said:

      Olá José!

      Muito obrigada pela visita!! Espero que eu possa continuar colaborando para o seu aprendizado em Medicina Chinesa.
      Ainda há muito para eu aprender, mas sempre que aprendo adoro ensinar!

      Um grande abraço,

      Profa. Fernanda

  16. Fabiola on said:

    ola Fernanda
    Sou farmacêutica e estou começando minha pos em acupuntura.
    Vim parar no seu blog “por acaso” (google… Rsrs) e fiquei maravilhada com o que encontrei.
    Parabens por compartilhar conosco com tanto desprendimento seus conhecimentos!
    Voce com certeza é um ser iluminado.

    Grande abraço e sucesso sempre

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

HTML tags are not allowed.